logo

Praia do forte

Praia do forte

Praia do forte

   6, 2019

   0

  54

O novo bairro de predinhos à esquerda da vila tem gabarito controlado (os edifícios são mais baixos que os coqueiros) e arquitetura praiana e homogênea.

Na areia, a sujeira e a bagunça são combatidas com mão de ferro. Só os quiosques da praia do Portinho (que forem recentemente reposicionados e agora estão instalados perpendicularmente à praia) podem preparar comida. Nas piscinas naturais do Papa-Gente não se pode vender nem comida nem bebida.

O melhor trecho da praia está a quinze minutos de caminhada à direita do centro, em frente ao resort (que não atende passantes).

Praia do Portinho, Praia do Forte

Praia do Portinho, Praia do Forte

A praia do Portinho, junto à igreja, é gostosíssima de entrar -- se você não se incomodar com todas as embarcações que aproveitam o porto natural para ancorar.

Praia da Pedra do Chapéu

Praia da Pedra do Chapéu

A praia à esquerda do Tamar tem pedras; entre com cuidado, sobretudo na maré alta. O mais seguro é caminhar 10 minutos para a esquerda até o núcleo de barracas da praia da Pedra do Chapéu; ali há menos pedras. (Também é possível chegar a essa praia passando por dentro do condomínio Aldeia dos Pescadores, à esquerda -- norte -- do Projeto Tamar. É menos sacrificado do que ir pela areia.)

Na maré baixa, ande mais dez minutos à esquerda (20 minutos desde o farol do Tamar) até as piscinas naturais do Papa-Gente, que ficam rente à orla. Bicitáxis levam da entrada da vila ou do Tamar até as piscinas por R$ 30 (ida).

A estação do Projeto Tamar é a grande estrela da praia, com tanques que mostram tartarugas marinhas filhotes e adultas. O melhor momento para visitar é à tarde, quando há uma visita guiada às 15h30, seguida por uma sessão de alimentação de tartarugas às 16h e uma sessão de alimentação de arraias e tubarões às 16h30. Da entrada da vila ao Tamar dá 10 minutos de caminhada; bicitáxis fazem o percurso por R$ 20 (ida).

Projeto Tamar
  • Endereço: av. Farol Garcia d'Ávila, s/n, Praia do Forte - tel. (71) 3676-0321
  • Horário: diariamente 8h30-17h30
  • Ingressos:
  • Site oficial

A rua principal da vila funciona como pista de footing e praça de alimentação. Já no primeiro trecho junto à entrada

você encontrará os dois representantes mais importantes da cozinha local: o Souza Bar, de insuperáveis bolinhos de peixe (s/n, tel. 71/3676-1386), e o Sabor da Vila/Restaurante do Zequinha, cuja especialidade é um ensopado de peixe com banana e quiabo (nº 159, tel. 71/3676-1777). (No lado oposto da rua funciona filial da praia do botequim-balada Beach Stop, decorada com um carro vintage carregando pranchas de surf; tel. 71/3676-0771).

Salpicados ao longo da rua estão você vai encontrar restaurantes como o charmoso Café do Forte, que também

tem uma casa na Bahia Marina em Salvador (nº 180, tel. 71/3676-1725), a enorme cantina Taverna Paradiso,

sucesso de público há quase 20 anos (s/n, tel. 71/3676-1587), o japonês com ênfase em frutos do mar Jojo (nº

248, tel. 71/992-454-127) e as gulodices indispensáveis do Tango Café, parada segura para a sobremesa (s/n, tel. 71/3676-1637).

As melhores descobertas, no entanto, estão numa ruelinha à direita de quem vai em direção ao Tamar -- o Beco de Dona Nita, que não é afetado pelo vaivém entre a entrada da vila e a praia. Ali estão o Vinobar, que oferece uma ótima seleção de vinhos em taça, antipasti e pratos elegantes, como ravioli de pato com laranja e filé alto com linguine na manteiga (tel. 71/3128-1929), e o italiano autêntico Il Cantuccio, que serve massas artesanais (como os ótimos maltagliati com frutos do mar) e também abre para almoço (tel. 71/996-355-939).

(Por falar em almoço: se estiver à procura de um self-service, vá à Casa da Natitel. 71/3676-1239).

No último trecho do caminho ao Tamar estão a concorrida pizzaria 7 Pizzas, de forno a lenha (tel. 71/3676-0655), o

Terra Brasil, que tem cardápio extenso mas é forte em risotos (nª 512, tel. 71/3676-1705), e o Donana, terceira casa de uma rede dedicada à culinária baiana (tel. 71/3676-0473).

Um aspecto interessante do centrinho de Praia do Forte é que o canteiro central da avenida ACM parece permanecer nas mãos dos nativos: ao longo da avenida você passará por bares que funcionam em quiosques e vendem cerveja 600 ml.

Onde ficar: Praia do Forte

Nova piscina do Tivoli Ecoresort

Nova piscina do Tivoli EcoResort

Quem se hospeda no Tivoli Eco Resort Praia do Forte, 2 km ao sul da vila, aproveita um dos mais elegantes resorts de praia do Brasil (sistema meia-pensão). Depois da compra pelo grupo tailandês Minor, os quartos foram reformados -- e um novo grupo de piscinas, dispostas em terraços voltados para o pôr do sol, já é o espaço mais disputado do hotel. A comida continua boa, mas está burocrática; quem esteve no hotel logo depois que os portugueses do Tivoli assumiram vai ter saudade daquela época.

Pé na areia, na vila, há apenas duas pousadas, ambas à esquerda (norte) do farol: a charmosa Farol das

Tartarugas, que tem piscina e um gramado em frente à praia, e a Porto da Lua, que não tem piscina mas está totalmente pé na areia.

O miolinho à esquerda da vila é o principal pólo de hospedagem de Praia do Forte. Por ali estão os hotéis Via dos Corais (ótima piscina no meio do jardim) e Casa do Forte (um pouco overconstruído), e a pousada mais tchans, a 

Refúgio da Vila. Gosto muito da localização da Tatuapara, perto do mar e do centrinho, sem estar no bochincho.

Casa da Praia costuma ter bons preços.

À direita (sul) da vila, considere o hotel Porto Zarpa e a pousada Aloha Brasil. Escondidinho num beco ao lado da

ruazinha principal, a pousada Vinobar tem quartos pequeninos mas bem-resolvidos; no térreo funciona um dos

restaurantes mais interessantes da vila. O Praia do Forte Hostel dá de fundos para o comecinho da avenida ACM.

O complexo Iberostar fica 3 km ao norte da vila, num trecho de mar mais bravo (e praias desertas). Os hóspedes do Iberostar Praia do Forte, que é mais luxuoso, podem freqüentar as dependências do Iberostar Bahia (mas o contrário não é permitido). Ambos têm buffets imensos e variados e se destacam pela animação (incluindo shows noturnos à la Club Med); quem quer sossego tem à disposição uma piscina silenciosa em cada hotel.

Como chegar: Praia do Forte

A Praia do Forte está 55 km ao norte do aeroporto de Salvador, exatamente na emenda entre a Estrada do Coco e a Linha Verde. A estrada é toda duplicada. Chegando de carro, você vai precisar estacionar num dos bolsões autorizados. O estacionamento custa R$ 6 a hora de 2ª a 5ª (até um valor máximo de R$ 30), e R$ 8 a hora 6ª, sábado, domingo e feriado (até um valor máximo de R$ 40).

Uma corrida de táxi especial do aeroporto de Salvador à vila está saindo R$ 283 pela tabela das cooperativas do aeroporto (Comtas e Coometas); ao Iberostar, R$ 313. Às vezes tem promoção no balcão. Um Uber deve sair entre R$ 130 e R$ 190 (mas não é garantido que consiga na hora em que precisar voltar).

Existe uma linha de ônibus do Expresso Linha Verde entre a Rodoviária de Salvador e Praia do Forte que, teoricamente, entra no aeroporto duas ou três vezes ao dia. Mas é impossível confirmar essa informação com a cia. -- e, sinceramente, quando eu fiz esse trajeto, o ônibus já chegou ao aeroporto apinhado. A passagem custa R$ 13,20.

O mais eficiente transporte 'público' entre Salvador e Praia do Forte são as vans da Linha Branca, com ponto de saída da calçada do Shopping da Bahia (antigo Iguatemi). Saindo do aeroporto, pegue o metrô e salte na 

Rodoviária (23 min. desde o aeroporto). Atravesse a passarela para o Shopping da Bahia. Siga um pouco para a esquerda pela calçada, você já vai encontrar os fiscais da Linha Branca organizando a fila. Se vier da área central da cidade, pegue um Uber para o Shopping da Bahia (ou para a estação de metrô mais próxima, saltando na estação Rodoviária). A viagem leva 90 minutos e custa R$ 8 (tel. 71 3369-0379).

Para deslocamentos dentro da Praia do Forte, você pode usar tuk-tuks (R$ 20 da entrada da cidade ao resort

Tivoli ou ao Tamar) ou bicitáxis (R$ 20 ao Tamar, R$ 30 às piscinas naturais do Papa-Gente).

Se você está sozinho e não quer cacifar um táxi ou trânsfer, nem encarar o transporte público, pode pegar um dos tours organizados à Praia do Forte oferecidos pelo nosso parceito TourOn. Você é buscado no seu hotel e pode pedir para levar sua mala.

Tags

gallery/blog-assets-img-user

Postagens relacionadas

Transfer, Passeios e City Tour em Boi Peba
Tranfer Iberostar
Venha conhecer Itacaré

Qual é a sua reação?

like

0

Curtir

dislike

0

Não gosto

love

0

Amor

funny

0

Engraçado

angry

0

Irritado

sad

0

Triste

wow

0

Enviar

Publicações populares

Praia do forte

  6, 2019

  0

  54

Tranfer Iberostar

  6, 2019

  0

  46

Transfer, Passeios e City Tour em Boi Peba

  31, 2019

  0

  22

Venha conhecer Itacaré

  31, 2019

  0

  13

Nossas escolhas

Praia do forte

  6, 2019

  0

  54

Tranfer Iberostar

  6, 2019

  0

  46

Venha conhecer Itacaré

  31, 2019

  0

  13

Transfer, Passeios e City Tour em Boi Peba

  31, 2019

  0

  22

Categorias

Postagens aleatórias

Tranfer Iberostar

Tags

Sobre

Postagens aleatórias

Venha conhecer Itacaré
Tranfer Iberostar
Praia do forte

Mídias sociais

Inscreva-se aqui para obter novidades e atualizações!

Copyright © 2019 Central Receptivos - Todos os Direitos Rervados